Página Principal Saiba mais sobre a Electrosport Conheça as nossas instalações Conheça os serviços que temos à sua disposição Conheça as marcas e produtos que temos à sua disposição Tecnologias da industria automóvel Formação Contacte-nos A nossa localização
Início Serviços Pré Ipo
   Mecânica
   Electricidade / Electrónica
   Alinhamento de direcção
   Alteração de Potência
   Diagnóstico
   Testes de Potência
   Pré IPO
   Lavagem de Viaturas
   Veículos pesados
   Serviços Adicionais

    Testes pré IPO    
 

Antes de levar o seu veículo ao centro de inspecções venha á nossa oficina, ou se preferir nós mesmos o levamos á inspecção. Possuímos de equipamentos de teste em tudo semelhantes aos do centro que ajudam a verificar todos os pontos vistos.

A correcção das deficiências encontradas no veículo, permite evitar avarias mais graves e reduzir as probabilidades de falhas mecânicas eventualmente causadoras de acidentes.

Através da inspecção periódica do veículo está grandemente facilitada a manutenção e conservação do veículo, o que contribui decisivamente para a sua segurança activa e passiva.

O principal interessado na inspecção do seu veículo é sem dúvida o condutor. É que ao levar o carro à inspecção, o condutor está a contribuir para a sua própria segurança e, para a segurança de todos aqueles que consigo viajam.



  • Identificação do veículo


  • A identificação de um veículo é fundamental, quer para a defesa dos seus próprios proprietários, quer para as autoridades fiscalizadoras.

    Os elementos essenciais de identificação a verificar numa inspecção periódica, são, para além do número de matrícula, o número de quadro.

    A verificação das características do veículo é feita tendo em conta as inscrições gravadas no veículo (número de chassis, placa de identificação, placas de matrícula e outras indicações regulamentares no exterior do veículo) e as indicadas no livrete.


  • Emissão de gases


  • Para controlar a emissão dos gases de escape nos motores a gasolina, para determinação do teor de "CO" e valor de Lambda (quando aplicável), utiliza-se o equipamento de análise de gases.

    Como procedimento, coloca-se a sonda de captação dos gases da combustão na saída do escape do veículo e a ligação para medição da rotação no cabo de vela ou na bateria. Com o motor em funcionamento é possível verificar no equipamento se os valores estão dentro do permitido.

    Como procedimento verifica-se que pedal de aceleração do veículo não existe qualquer limitador de curso, se que não há qualquer modificação no sistema original de escape e que o sistema de aquecimento está desligado. Depois de o motor atingir a temperatura de serviço procede-se a uma série preliminar de 3 acelerações sucessivas tão rápidas e aproximadas quanto possível (o motor atingiu o máximo da sua rotação) para limpeza do sistema de escape.

    Imediatamente a seguir e após a ligação do tubo condutor de fumos ao escape, terá lugar uma aceleração, de forma a levar o motor rapidamente ao regime de máxima potência, soltando depois o acelerador até que o motor recupere o seu funcionamento em marcha lenta. Memoriza-se o valor determinado.

    Repete-se 4 vezes esta operação.



    Exame Visual

    Para além das medições referidas, é levada a cabo, em qualquer das situações, uma inspecção visual para verificação da presença e condições de montagem do equipamento e existência de fugas.


  • Sistema de Iluminação e Visibilidade


  • É verificado o correcto funcionamento, estado e posicionamento do sistema de iluminação e sinalização do veículo, bem como avaliar o campo de visibilidade e o estado dos vidros.

    Para esta análise são visualizadas todas as luzes e com o regloscópio é verificado o seu alinhamento.

     

    Faróis Obrigatórios e Facultativos

    São inspeccionados todos os faróis obrigatórios e facultativos do veículo:

  • Faróis obrigatórios


  • Faróis de médios

  • Faróis de máximos

  • Luzes de mínimos à frente

  • Luzes de mínimos atrás

  • Luzes de iluminação da placa de matrícula traseira

  • Luzes de stop

  • Luzes de nevoeiro traseiras e de testemunho

  • Luzes indicadoras de direcção para todos os veículos e disposições particulares para os veículos automóveis, reboques e trens de veículos.


  • Outros faróis regulamentares de certos veículos, tais como:


  • Faróis de encandeamento

  • Faróis de longo alcance

  • Faróis laranja intermitentes

  • Dispositivos luminosos para táxis


  • Faróis facultativos, tais como:


  • Faróis de estacionamento

  • Faróis de marcha atrás

  • Faróis de trabalho



  • Alinhamento da direcção


  • Este ensaio permite verificar o alinhamento das rodas directrizes.

    Para efectuar este ensaio:

  • O veículo roda lentamente sobre o prato do alinhador (ripómetro). Só uma das rodas directrizes passa sobre a placa, a outra rola normalmente sobre o pavimento.


  • O desalinhamento da direcção provoca um movimento lateral na placa.


  • O desalinhamento da direcção é dado pelo número de milímetros de deslocação lateral da placa que normalmente tem um metro de comprimento.


  • Com esta facilidade, e quase instantaneamente, ficamos a saber quantos milímetros por metro (ou metros por quilómetro) a direcção se encontra convergente ou divergente.





  • O valor assinalado para desalinhamento das rodas directrizes não deverá exceder os limites legalmente estabelecidos.



  • Sistema de suspensão


  • A suspensão tem por finalidade garantir a comodidade, segurança e protecção dos passageiros e do próprio veículo, contra os impactos derivados das irregularidades do pavimento.

    A inspecção do sistema de suspensão tem como objectivo a detecção de deficiências que afectem a segurança, estabilidade e aderência, em particular aquelas, que pela sua gravidade ponham em risco a segurança de pessoas e bens, na via pública.

    A eficiência da suspensão é avaliada nos veículos ligeiros cuja tara ou peso bruto não ultrapassem os 2800 Kg, usando para o efeito o banco de suspensão.

    O valor relativo da eficiência do sistema de suspensão é determinado, a partir da seguinte expressão:

    A= ( Fd / Fe ) ( 100 )

    Onde:

    A   = eficiência (aderência com o veículo em movimento)
    Fd = força variável em cada roda resultante da vibração induzida durante o ensaio
    Fe = força que corresponde ao peso do veículo, por roda



  • Sistema de travagem


  • A análise do sistema de travagem visa verificar o funcionamento dos travões de serviço, de estacionamento e de emergência, avaliando, para cada situação, a eficiência de travagem e o desequilíbrio, por eixo. Para isso é utilizado o Frenómetro de rolos.

    Coloca-se o veículo nos rolos, aguarda-se alguns segundos pelo arranque dos mesmos. É importante que o travão não esteja accionado.

    Na primeira fase o frenómetro irá fazer uma medição do empeno do sistema de travagem, para isso irá accionar-se o travão entre 300N e 3000N de força e será dado o valor de empeno se o mesmo existir.

    Acciona-se em seguida o pedal do travão de serviço lenta e regularmente controlando o desenvolvimento da travagem. O valor da força de travagem deve crescer progressivamente e da mesma forma, sobre cada uma das duas rodas do mesmo eixo, até um valor próximo do máximo.

    A eficiência de travagem é obtida dividindo a soma das forças de travagem pelo peso do veículo, mas, se no entanto o equipamento utilizado fizer cálculo automático da desaceleração do veículo, esta pode ser convertida em eficiência, multiplicando pela aceleração da gravidade que é igual a 9,81 m/s.

    Travão de estacionamento

    Quando o eixo, que está equipado com o dispositivo de travagem de estacionamento, se encontra sobre os rolos de frenómetro, acciona-se o comando do travão de estacionamento (travão de mão).



  • Verificação do estado do veículo – parte inferior


  • É Verificado o estado geral do veículo na sua parte inferior, detectar eventuais folgas na direcção, suspensão e órgãos de transmissão, avaliando, como complemento, o estado e funcionamento do sistema de travagem.

    O veículo é colocado na fossa sobre as placas do detector de folgas e é visualizada a existência de folgas.

    O veículo deve apresentar-se convenientemente limpo por baixo, de forma a permitir uma observação eficaz. Não são permitidas fugas de combustível ou de óleo.



  • Equipamento


  • É Verificado o estado, o posicionamento e, quando aplicável, o correcto funcionamento do equipamento, obrigatoriamente instalado nos veículos automóveis.

    Estes equipamentos podem ser Extintor, triângulo de pré-sinalização de perigo, colete reflector, avisador sonoro, tacógrafo, etc.

     


         Dream by mozzaic | © 2008 Electro Sport - Bosch Car Service. Todos os direitos reservados. | Termo de utilização.

    Concebido para IE 4.0 ou superior | Resolução minima recomendada para vizualização 1024x768